O que se sabe sobre a vida extraterrestre?

Os primeiros exoplanetas (planetas fora do sistema solar) foram descobertos nos anos de 1990, e há uma série de perguntas que rondam as pesquisas e também a nossa imaginação: seria possível ter um outro planeta igual o planeta Terra? Quais os habitantes dos outros planetas, ETs? Como seria o desenvolvimento nesse outro planeta? E assim por diante…

Porém, até o presente momento não há indícios de vida em outro planeta. Em dezembro de 2020 foi realizado o lançamento do Telescópio Espacial James Webb e ele tem o objetivo de “examinar a atmosfera de exoplanetas orbitando estrelas muito menores que o Sol" (CNN BRASIL, 2021).

 Fonte: Canva Pro

Assim, não temos um plano B ou um planeta B, é preciso mitigar os problemas do Planeta Terra e enfim entender (se ainda não é claro para muita gente) que é preciso um estilo de vida mais sustentável e consciente para que nossos recursos naturais sejam preservados e conservados, em especial a água, pois o mundo precisa de água! 

“É lógico que a vida em outros lugares é provavelmente baseada no carbono e depende da água. Hidrogênio, oxigênio e carbono são elementos muito abundantes no universo” (CNN BRASIL, 2021).

O hidrogênio pode ser um indício de vida? 

É evidente que os pesquisadores não procuram uma forma humana de vida, mas sim indícios que pode ser um planeta habitável, procuram organismos unicelulares ou multicelulares, por exemplo bactérias, vírus e/ou algas. 

Fonte: Canva Pro

Segundo uma matéria publicada em Treehugger (2022), o professor do Departamento de Ciências da Terra e Planetárias da Universidade da Califórnia e líder da equipe Terras Alternativas da NASA “[Nossa pesquisa] não está procurando outra Terra em si.”

O hidrogênio é apenas um elemento no qual a vida poderia se fundamentar. Os cientistas evidenciaram que alguns organismos terrestres resistentes poderiam sobreviver em uma atmosfera baseada em hidrogênio, e de acordo com a Nature Astronomy citado por Truehugger (2022) “E. coli (o mesmo tipo que vive em nosso intestino) e fermento ‘podem sobreviver e crescer em uma atmosfera 100% H2’ ”. Assim, conhecer quais gases podem servir de indicadores de vida com base em hidrogênio, ou mesmo, as bioassinatura, é fundamental, e é possível fazer isso através de pesquisas, o que já é realizado na Terra. 

Vida em Marte

A vida em Marte sempre foi tema constante nas mídias, há histórias populares sobre marcianos, filmes que tentam retratar como seria a vida neste planeta. Mas será que há realmente a possibilidade de vida em Marte? O que a ciência já encontrou?

Fonte: Canva Pro

Em julho de 2020 a Nasa lançou a sonda Perseverance e tem como objetivo a continuação da investigação de sinais de vida em Marte. Em 2022 Perseverance atingiu uma registro importante, fez coleta de amostras de potenciais bioassinaturas que podem detectar uma possível vida microbiana antiga (O GLOBO, 2022). 

“A análise confirmou que o Perseverance está onde antes era o fundo de um grande lago na superfície marciana, alimentado por um rio sinuoso que alcançava uma depressão a oeste. Estamos falando de algo que aconteceu há mais de 3,5 bilhões de anos, quando o clima de Marte era mais parecido com o da Terra”(BBC, 2021).

Através da investigação da sonda foi possível verificar que no local onde um rio se ligava a um lago o fluxo diminuiu de repente e os sedimentos suspensos precipitaram, formando um delta. Trata-se de uma formação em forma de cunha em que alguns microrganismos podem ter se proliferado e talvez deixado vestígios até os dias atuais estariam conservados (BBC, 2021).

O local do delta faz com que a Cratera Jezero tenha um interesse particular, pois “a característica geológica em forma de leque, uma vez presente onde um rio convergia com um lago, preserva camadas da história marciana em rochas sedimentares, que se formaram quando partículas se fundiram neste ambiente anteriormente cheio de água. O rover investigou o fundo da cratera e encontrou evidências de rochas ígneas ou vulcânicas” (CNN BRASIL, 2022). 

Fonte: Canva Pro

Assim, há inúmeros trabalhos sendo desenvolvidos atualmente em busca de vida em exoplanetas, além de Marte, o planeta Vênus também é foco de constante estudos e achados formidáveis! Mas o que podemos dizer é que a Terra ainda continua sendo o nosso plano A e não temos ainda previsão de um plano B, por isso é importante cuidarmos para que este planeta seja cada vez melhor.

Fonte:

BBC, 2021

CNN BRASIL, 2021

CNN BRASIL, 2022

O GLOBO, 2022

TREEHUGGER, 2022

O Instituto Água Sustentável promove o uso sustentável da água através do desenvolvimento de estudos, projetos e pesquisas e da realização de eventos científicos e educativos.
2021 © Todos os direitos reservados. Versão web 3.2.